Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2009

QUEM NOS FEZ JUIZES...?

Imagem
Pueril pensar que se pode alçar posição de juiz de nosso próximo por nós mesmos, afinal quem pode atirar a primeira pedra? O caso não é ser juiz, mas tomar algo muito maior que nós mesmos, as obras do PAI, sim, manifestas em CRISTO, para se possa trazer luz sobre tudo o que fazemos.

A luz não é outra senão o AMOR prático. Ora, todas as obras dos homens são julgadas (diga-se trazidas à luz) pelos atos de amor deixados (pela eternidade) como exemplos a serem seguidos; assim, há base, elementos, para se saber o que vem do amor e o que vem do interesse vil, o que vem do amor e o que vem da maldade, o que vem do amor e o que vem da ganância, o que vem do amor do que vem da inveja, do amor ou da ira, do amor ou da compulsão de poder, do amor ou da compulsão de domínio, do amor ou do desejo de atirar pedras por adiar o próximo quando nos vemos nele como num espelho.

Assim, não se julga alguém, mas se conhece sua intenção pelos seus frutos, pelas obras, se de amor ou se de outra fonte. Cedo ou …

E DEUS AMOU AS PEDRAS...

Imagem
E aconteceu naqueles dias que muitos se colocaram na posição de “filhos de DEUS”, quando, na verdade, não o eram... Os filhos são conhecidos por buscar imitar o comportamento dos pais, entretanto aqueles “filhos” faziam justamente o contrário, nem entravam no céu e, pior, sequer permitiam que outros entrassem. Estavam tão cauterizados em seus corações e mentes, tão afeitos com o mal que praticavam e ensinavam que não mais distinguiam a VERDADE daquilo que era fruto de seu auto-engano, de seu emporcalhamento. 

Quanto se vê nas obras e nas declarações daqueles que se consideram “filhos” a torpeza do coração, não cabendo o amor dentro de si por estar tomado de purulência e de avareza, e de homicídios, e de mentiras, e de acusações falsas, e de máscaras e toda sorte de maldade, vemos, então, que o que faz um filho é o imitar o PAI, é amar como o PAI ama.  

Por isso digo que as “pedras” foram amadas, e das pedras DEUS pode suscitar filhos, e se os “filhos” não clamarem, as pedras clamarão. P…

A SÍNDROME DO REI...(por Caio Fábio - www.caiofabio.com)

Imagem
O rei tem direito a tudo [...] ou a quase tudo...

Na Bíblia, quando Israel pede um rei, a advertência de Deus pelo Profeta Samuel, era que o povo não sabia o que desejava ao pretender ter um rei humano...; pois, ao rei se daria tudo..., do melhor do campo às melhores mulheres..., do imposto ao serviço demandado..., e, sobretudo, se daria a alma a fim de cumprir caprichos e desejos do rei na forma de grandes obras e construções...; sem falar que a descendência do rei teria garantida a seqüência do poder real, de modo que um imbecil, criado e mimado como idiota, se torna o rei por vir...

Só que o ser ou se sentir rei é uma droga viciante...

Ora, tal fenômeno atinge a todos os que têm impérios ou reinados, não importando o tamanho, o âmbito e a natureza do sentir soberano da pessoa...

Na realidade, essa Síndrome de Rei, além de dar com freqüência em coração de políticos, empresários, gurus, bispos, autoridades religiosas, apóstolos carismáticos, mafiosos, bandidos muito fortes, médicos genia…

Perdão

Imagem
Em minha humilde opinião é o perdão a demonstração de amor maior que existe. É no perdão que se expressa o conhecer a falta de alguém, mas apesar disso, deixar de punir. O perdoar exsurge de uma causa anterior que o possibilita, o amor. Apesar de se haver culpa, de alguém ter procedido de forma reprovável, e por isso poder ser punido, há causa que extingue a punição/punibilidade, e não só esta, mas até sua origem. Esse é o perdão pleno de Deus, pois tudo se fez novo desde antes da fundação do mundo.
Há quem se alimente do medo da punição que permeia o coração do homem, há quem diga que o perdão pode ser comprado ou vendido, ou mesmo retido, há até quem acredite que não pode ser perdoado. Entretanto, o perdão já foi dado. Todo escrito de dívida que existia não mais existe, fora encravado na Cruz. Em Cristo temos o perdão pleno. Não que seja justificativa para se praticar o mal, mas para que ninguém seja juiz de ninguém, que ninguém assuma a posição de negociador do perdão. Basta aceitar…

A História Oculta do Mundo: A Pedofilia do Hamas

Imagem

JESUS NÃO QUER DIREITO AUTORAL... será que Ele não era evangélico?...

Novamente pedimos a licença de Caio Fábio (www.caiofabio.com) para postarmos esta reflexão.

"O homem era cego de nascença. Jesus lambuzou terra com saliva, fez um lodo, e emplastou nos olhos do homem sem pedir licença. Obviamente o homem obedeceu Jesus, quando disse “Vai lavar-te no tanque de Siloé!” Afinal, quem não iria?... Não fosse por obediência seria pelo desconforto da lambança causada por Deus em sua cara... Depois de lavado e curado o homem voltou como um bezerro feliz e pulante... Entrou no templo aos saltos e gritos... Perturbou a ordem...

Então, como os religiosos donos do templo soubessem que ele fora cego e que agora via, quiseram saber quem havia cometido o crime de curá-lo... “Não sei!”... — era só o que o homem sabia...

A briga entre os líderes religiosos e o ex-cego continuava... Acareações... Com o pai e a mãe... Com o cego... No final expulsaram o cego do templo... Jesus via tudo de longe... Não entrou na briga... Não reivindicou o direito autoral... Então encont…

RASO OCEANO

Imagem
Quantas vezes achamos que estamos/somos livres e nos mantemos em um aquário particular, um cativeiro ornamentado com sonhos/pesadelos e não nos damos conta de que há, lá fora, verdadeira LIBERDADE, VIDA. Isto me lembra de um texto de Platão, em “A República”, onde pessoas que passaram a vida presas numa caverna  “conheciam” a realidade de fora apenas vendo sombras na parede. A VERDADE e a VIDA só se conhecem, sim, pela experiência necessária e pessoal de andar pelo CAMINHO. Nenhuma retórica, nenhum poder dialético pode convencer. É uma decisão minha e sua, o querer andar pelo caminho do CRIADOR, caminhar em direção à Sua Luz. Pois ELE continua chamando, de eternidade a eternidade: “Lázaro, sai para fora”.  Simples? Sim; como a simples poesia que nos deixo (sim, nos). Pense nisso. RASO OCEANO
Como peixinho, navego No vasto azul do mar. Aceno para as ondas Para, além daqui, ‘me levar’।
Sinto no peito compulsa De o'ceano desbravar Ainda que só, pequenino, Vagas tenha d'enfrentar।
Como um gr…