domingo, 11 de agosto de 2013

Ao meu velho Pai


Ao meu velho Pai, que é, em um só, muitas coisas, filho, irmão, pai, avô, amigo, educador; ao meu velho que trilhou caminho dorido da infância vivida, sem desistir jamais desta vida, sem se entregar ao amargor. Já lhe vi com cintilantes sorrisos e lágrimas doridas e me ensinou o que é ser homem.  Homem cujo maior presente que me deu (e dá) foi seu amor e carinho e correções, regadas pela honestidade, sempre. Ao meu pai querido, todo o meu amor.

E aos Pais deste planeta, minhas preces.


Um feliz dia dos Pais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pelo comentário.