quarta-feira, 10 de junho de 2009

Perseguição?!

Perseguição?! Questão extremamente visceral para o homem é a paz. Sem esta, não há como viver, apesar de poder-se existir. Ainda hoje conhecemos notícias/fatos (infelizmente não veiculadas pelas “grandes promotoras de notícias e informações”) que profundamente angustiam a alma. Não é novidade a intolerância sobre determinadas pessoas que escolhem viver de forma diferente de outras. A perseguição destas pessoas não raramente deixa traços de sangue por onde passa. Existem duas causas que deflagram uma perseguição. "A primeira é fazer o mal contra as pessoas e contra a sociedade". A segunda, pasmem, quando alguém "busca viver no bem", pela bondade, justiça, verdade, enfim, busca fazer do amor sua base de vida. Não se quer fazer apologia de nenhum tipo de charlatanismo que persegue e não quer ser perseguido, mas o que se questiona é que, infelizmente, há quem sofre por “ser apenas gente boa” como diz Caio Fábio (http://www.caiofabio.com/2009/ , o qual remetemos o leitor). Assim, não há espanto por haver perseguição de pessoas que amam simplesmente por terem decidido amar (já que perseguiram até JESUS - quem lê entenda!). Mas espanta o descaso que se dá ao assunto, posto que a vida continua sendo vida, seja aqui, lá, acolá, Índia, China ou qualquer confim da Terra, demonstrando o quanto estamos distantes de amar até mesmo aqueles que nos amam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos pelo comentário.